domingo, 13 de outubro de 2013

Do Dogma à Sabedoria

Yogananda fala de Lahiri Mahasaya, discípulo de Babaji.

"O grande guru ensinava os seus discípulos a evitarem discussões teóricas sobre as Escrituras Sagradas. «Só aquele que se dedica a realizar, e não apenas a ler, as antigas revelações, pode ser considerado sábio», dizia. «Resolva todos os problemas através da meditação. Substitua as especulações religiosas inúteis pelo verdadeiro contacto com Deus. Limpe a mente do entulho teológico dos dogmas, para que nela possam penetrar as águas frescas do poder curativo e da percepção directa. em sintonia com a efectiva Orientação interior. A Voz Divina tem a resposta para todos os dilemas da vida. Embora a criatividade humana para se meter em dificuldades pareça não ter fim, o Socorro Infinito não é menos inventivo.»"

Yogananda, Paramahansa, Autobiografia de um Iogue, pp. 353-4. Tradução António Olinto e Lucia Sweet-Lima. Lisboa: Dinalivro, 2008. 

Sem comentários:

Publicar um comentário