quarta-feira, 26 de fevereiro de 2020

A Alma das Árvores (Poesia)

Andreescu, Ion, Edge of the Forest, c.1880. 
Bucharest: Muzeul National de Arta. 
https://www.wga.hu/
A Alma das Árvores


A alma humana __________
Antes de voltar a ser estrela 
Deseja regressar às árvores 
Ser raiz e tronco ramo e folha 
Ser da natureza a firmada torre 
Guardiã da terra senhora do ar
_________________________ 
E nos seus veios pulsar o tempo 
Registar em circundantes anéis 
A memória que o humano apaga 
__________ a alma das árvores 
Acaricia o vento e a brisa quente 
E pelo ar espalha-se e semeia-se 
Renascendo simples noutro lugar 
A serenidade habita a semente 
_________________________ 
E não podendo ser apenas etérea 
A alma das árvores é um corpo 
Sólido, vivente, que exala o sopro 
E verte a seiva _____________ 
Renova-se no sol novo de cada dia


10/12/ 2018
RMdF

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020

Dica Astrológica 16



Dica Astrológica #16


Na Antologia, Vétio Valente propõe que se faça a distribuição dos Regentes do Tempo ou Chronocratores a partir da Parte da Fortuna (τύχη) ou da Parte do Espírito (δαίμον) (IV, 4; cf. III, 11). Valente designa este método como poderoso, uma vez que deriva das partes da Lua e do Sol, as quais determinam ora o corpo, ora a alma. Esta distribuição segue os Ciclos Planetários Pequenos que atribuem os seguintes anos: Saturno, 30; Júpiter, 12; Marte, 15; Sol, 19; Vénus, 8; Mercúrio, 20; e Lua, 25.

O método diz que antes demais deve-se avaliar a posição da Parte da Fortuna e se esta não for favorável, deve-se então optar pela Parte do Espírito. Qualquer que seja a parte escolhida, o regente do signo em que se encontre distribuirá os primeiros anos. Se, por exemplo, for Capricórnio, Saturno distribuirá os primeiros 30 anos, sendo portanto o apheta. Aquário coloca Saturno a distribuir, novamente, os próximos 30 anos. Júpiter distribuirá, a partir de Peixes, os próximos 12 anos e assim sucessivamente. A distribuição passa então para os meses. Nos primeiros anos de Saturno, os primeiros 30 meses são os de Saturno (Capricórnio), os próximos 30 de Saturno, os 12 seguintes de Júpiter, 15 meses para Marte e assim sucessivamente. Quando se chegar ao signo inicial, passa-se para o signo que lhe oposto e continua-se na ordem do Zodíaco.

Este método deve avaliar as posições natais e pode ser usado com as profecções e trânsitos.


quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020

O Cinco de Paus ou a Disputa enquanto Batalha da Vida

O Cinco de Paus
Tarot Rider-Waite

O Cinco de Paus diz-nos que a Disputa, a batalha da vida, exige sempre conflito e competição, pois é daquilo que se opõe que tudo nasce, Pólemos é o pai de todas as coisas.

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020

O Cinco de Espadas ou a Derrota como Elemento da Acção

O Cinco de Espadas
Tarot Rider-Waite

O Cinco de Espadas diz-nos que a Derrota é um elemento essencial da acção, pois só age quem pode perder, acreditando que ganhará, e só permanece derrotado quem não age de novo.

Virgem Mãe (Poesia)

Amigoni, Jacopo, Juno Receiving the Head of Argos, 1730-32. 
Rickmansworth, Hertfordshire: Moor Park. 
https://www.wga.hu/


Virgem Mãe


Banhada no Egeu
Em Samos e Argos 
Uma Hera Arcaica 
Das águas anciãs 
Retorna donzela 
Não do falo oferta 
Nem do virgo serva 
Mas do parto rainha


4 de Fevereiro de 2019 
RMdF

terça-feira, 18 de fevereiro de 2020

O Cinco de Copas ou a Melancolia distorce a realidade

O Cinco de Copas
Tarot Rider-Waite

O Cinco de Copas diz-nos que a Melancolia distorce a realidade, o potencial da vida, firmando a tristeza e o desalento naquilo que se perdeu e ignorando o que se têm e conserva.

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2020

O Cinco de Ouros ou a Preocupação perante o Abismo

O Cinco de Ouros
Tarot Rider-Waite

O Cinco de Ouros diz-nos que a Preocupação perante o abismo pode trazer o caos e a ruína, mas também, pela entrega à divina graça, a pobreza da alma, a libertação de todas angústias.