sexta-feira, 27 de março de 2020

Dica Astrológica 20



Dica Astrológica #20


A Astrologia Antiga divide as casas, de um modo geral, em κέντρον (angular ou cardinal, um ponto cardeal do tema), ἐπαναφορά (sucedente ou pós-ascensão) e ἀπόκλιμα (cadente, um declínio no tema). No que concerne à sua acção, os astrólogos antigos tinham mais reservas acerca deste último tipo de casa. Por exemplo, nas técnicas para se determinar a duração a vida, um luminar numa casa cadente não deveria nunca ser considerado o apheta (aquele que dá a vida), todavia, poder-se-iam estabelecer algumas excepções. 

A questão em torno do valor das casas cadentes fez com que Paulo de Alexandria lhes dedicasse um capítulo da sua Introdução. No capítulo 27, afirma que, apesar da sua natureza, podem ter um efeito activo e operativo, em especial, se os planetas nelas colocados lançarem os seus raios triangularmente até ao limite de 3 graus. Este valor torna-se mais aplicativo para as casas IX e VI, uma vez que estabelecem uma relação de trígono com o Horóscopo ou o Meio do Céu. 

No entanto, Paulo não deixa de referir que os maléficos se tornam mais activos no diz respeito a prejudicar e a fazer, por vezes, o contrário daquilo que um outro maléfico possa fazer quando se encontrar numa das casas angulares. Em suma, a acção das casas cadentes é complexa e deve ser analisada com cuidado. 


#rmdfdicaastrológica #rmdfastrologia #rmdfastrologiaetarot

Sem comentários:

Publicar um comentário