segunda-feira, 1 de outubro de 2018

Ekpyrosis da Alma (Poesia)


Cossiers, Jan, Prometheus Carrying Fire, 1637. 
Madrid: Museo del Prado.

Ekpyrosis da Alma



Se brilha a alma
Não sejas lume
Brando e manso


Sê o incêndio
Que conflagra
Terra e gente
De ignorância
Contaminada


Sê o fogo cósmico
Que cria e consome
Que nasce e renasce


Sê o abismo
E a montanha
A paz e a guerra


Sê água e fogo
Dilúvio imenso
Incêndio universal


RMdF 04/09/2018

Sem comentários:

Publicar um comentário